Cuidados com a Suspensão em Caminhões

O cuidado com a suspensão dos caminhões impacta diretamente não só na segurança do veículo como também do motorista, porque ela é a responsável por assegurar o contato direto dos pneus com a estrada.

É a suspensão que dá ao caminhão conforto, estabilidade e segurança tanto ao veículo quanto ao condutor e aos passageiros. Quando a suspensão está desgastada, ela pode impactar diretamente na estrutura do veículo resultando em graves problemas de dirigibilidade.

 

Quando a troca não é feita no momento certo, a frenagem do veículo apresenta problemas, os pneus se desgastam mais rapidamente e diminui o tempo em que o caminhão deve ser submetido as técnicas de alinhamento e balanceamento.

 

O motorista precisa acionar o freio em uma distância maior, e nem sempre isso é possível, ainda mais se estiver em alta velocidade.

 

É possível ainda que o veículo demore mais pra responder quando for preciso desviar de um obstáculo e assim todos os ocupantes do caminhão são colocados em risco. Isso, porém, não quer dizer que o freio não irá funcionar, porém, ele precisará de mais tempo para fazer com que o caminhão pare de maneira completa.

 

A deterioração dos itens que compõe a suspensão dos caminhões além da má qualidade das estradas são os fatores mais comuns de causas de problemas nos amortecedores.

 

Para ajudar a manter a suspensão dos caminhões em boas condições, o motorista deve: diante de uma pista em más condições, é preciso dirigir em menor velocidade; a suspensão não deve ser alterada por alguém que não tenha conhecimento técnico para tal atitude; assim como o respeito a capacidade de carga do caminhão e a vida útil de cada peça.

 

Para que a suspensão em caminhões fique sempre em boas condições, o veículo deve ser levado a oficina a cada 10 mil quilômetros rodados. Porém, esse tempo pode ser alterado conforme o tipo e o peso da carga, assim também a forma como o caminhão é usado.

 

 

Cotação Peças e Acessórios Caminhões